domingo, 10 de maio de 2009

Ainda José Amaral Neddermeyer

José Amaral Neddermeyer, professor na Universidade Mackenzie em 1923 (terceiro da esquerda para a direita, em pé)

Falando ainda sobre José Amaral Neddermeyer, no período em que esse arquiteto desenvolveu trabalhos no Rio de Janeiro, um de seus projetos de maior destaque, foi a Escola Municipal Soares Pereira (1926), na Av. Maracanã, registrada no GUIA DA ARQUITETURA ECLÉTICA NO RIO DE JANEIRO (2000, p. 79), com a informação de que

Com uma planta em “V” definindo o tradicional pátio portificado, tão comum em programas escolares, esta discreta construção, em estilo neocolonial luso-brasileiro, apresenta especial interesse no pequeno acesso avarandado, valorizado por seis colunas toscanas lisas de granito e frontão ondulado.

Escola Municipal Soares Pereira: acesso principal, voltado para a esquina

Escola Municipal Soares Pereira: fachada lateral


Ainda nessa cidade, pode ser vista a proposta de reforma da fachada da Igreja Matriz da Gávea, de característica originalmente neoclássica, com duas torres, que recebeu elementos barrocos na portada, no frontão e nos detalhes da murada de proteção à escadaria de acesso, além da eliminação de uma das torres.


Igreja Matriz da Gávea: fachada proposta

Igreja Matriz da Gávea: detalhes do muro e banco, no atrio de entrada


Em 1936, Neddermeyer transfere residência para Goiânia, objetivando trabalhar como responsável pelas obras da Construtora Lar Nacional, sendo que, no ano seguinte já fazia parte da equipe da Seção de Arquitetura da Superintendência Geral de Obras, atuando diretamente na construção da nova capital.

sede da Sociedade Goiana de Pecuária, edifício já demolido, na Av. Goiás


Além dos projetos de caráter oficial e institucional desenvolvidos para o governo do estado, elaborou uma série de outros, principalmente para o setor Campinas, aparecendo aí edifícios residenciais, comerciais e mesmo projetos de reformas, visando dar uma aparência moderna a antigas edificações existentes naquele bairro. Com um caráter eminentemente popular, esses projetos desenvolvem-se com estrema simplicidade, desde a organização interna, até a composição da fachada e mesmo na forma resumida com que as informações construtivas são apresentadas.
Podem ainda ser encontrados projetos seus em outras cidades do interior, como a escola proposta para Ipameri ou mesmo, de acordo com os relatórios apresentados por Geraldo Teixeira Álvares (1942: 121), para Anápolis (agência dos Correios e Telégrafos), Corumbaíba (edifício público) e São João (reforma do Hotel São João), entre outras.
Em Goiânia foi projetada por ele – ou sob sua responsabilidade –, dentro da Seção de Arquitetura, no ano de 1937, uma série de edifícios entre os quais se destacam os do Colégio Santo Agostinho, Hospital São Lucas, um pavilhão para a Santa Casa, Quartel Federal, Serviço de Recrutamento da Região Militar.
Dos projetos elaborados para o Setor Campinas, podemos citar:
A proposta de reforma para a fachada de um edifício comercial de propriedade do Sr. Abrão Abdalla Helou (1936), onde aparece uma série de elementos decorativos próprios do art déco que, mesmo com a presença de marcações verticais e uso de escalonamentos na platibanda, é predominante a horizontalidade da edificação.

projeto para a fachada do edifício comercial de Abrão Abdalla Helou no Setor Campinas


No projeto desenvolvido para o Sr. Hermínio Leal de Albuquerque (1936) predomina a verticalidade não só na volumetria do edifício, como também em praticamente todos os elementos decorativos e nas portas estreitas propostas. Trata-se de um edifício comercial de extrema simplicidade, possuindo planta dividida em apenas duas salas, sendo uma destinada ao comércio e a outra, provavelmente para depósito.

projeto comercial para Hermínio Leal de Albuquerque, no Setor Campinas

Um terceiro projeto a ser destacado seria aquele elaborado para o Sr. José Augusto de Lima (1936), associando compartimentos para comércio e residência, na esquina das ruas São Paulo e Ipameri. De extrema simplicidade apresenta os elementos déco em uma singela decoração definida apenas na platibanda e nos elementos de marcação da estrutura.

projeto para José Augusto de Lima (comercial e residencial) no Setor Campinas

Um comentário:

  1. Olá Professor,

    Fiquei muito feliz de encontrar essas referências a respeito do trabalho de meu avô José Amaral Neddermeyer em seu blog. Se por acaso vc tiver mais informações a respeito da obra e da vida de meu avô ficaria agradecida em em recebe-las pois estou tentando resgatar parte da história da minha família.

    Obrigada,

    Geórgia Neddermeyer
    Neddermeyer@gmail.com

    ResponderExcluir